Brasil

Publicada em 14/10/16 as 14:57h - 112 visualizações
Marília Mendonça
Máquina de fazer hits,

PBAFM

Link da Notícia:

 (Foto: PBAFM)

A cantora não só rejeita o rótulo, que lhe é dado por causa das músicas sobre mulheres fortes e decididas, como também critica o movimento: "Eu acho que o feminismo diminui a mulher muitas vezes", diz em entrevista ao G1.

"Para haver a igualdade, não temos que ficar pedindo nada, temos que trabalhar. Não somos mais fracas. Nunca me senti discriminada pelos homens. Pelo contrário, os que me ajudaram na minha carreira são homens."

Antes dominado por eles e suas letras sobre carrões, baladas e tcherere tchê tchês, o sertanejo cresceu nas vozes femininas não por uma questão ideológica, mas porque "passou a cantar o que elas querem ouvir", na opinião de Marília.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

No Ar
TERRITORIO SERTANEJO com Marci Santolin
PARTICIPE DA NOSSA PROGRAMAÇÃO

  • CATARINA
    Cidade: PARANAIBA
    Mensagem: MEU VELHO PAI
  • Nome:sebastião paula silva
    Cidade: paranaiba
    Mensagem: meu Bailão artita Mensageiro do sul
  • verginia dutra silva
    Cidade: paranaiba
    Mensagem: meu Bailão artita Mensageiro do sul
  • sebastião paula silva
    Cidade: paranaiba
    Mensagem: dança,dança mensageiro do sul
  • PAULINHO NASCIMENTO
    Cidade: ribeirao preto sp
    Mensagem: amante anonimo
  • Nome:sebastião paula silva
    Cidade: paranaiba m s
    Mensagem: Música:dança, dança mensageiro do sul
Publicidade Lateral
Redes Sociais


Hora Certa
Parceiros

JESUS TE AMA, ACEITE O DE TODO CORAÇÃO
Copyright (c) 2017 - PBAFM - Todos os direitos reservados